Você já ouviu falar de ASMR?

Você já ouviu falar de ASMR?

ASMR é a sigla em inglês que significa “Resposta Meridiana Sensorial Autônoma”. São um grupo de sensações corporais como arrepios e formigamentos que acontecem em resposta a um estímulo de algum tipo de gatilho. Essas sensações podem te trazer conforto, relaxamento, calma e até sono.

O termo ASMR foi oficializado em 2010 e, desde então, o número de canais no Youtube com experimentações na área cresceu consideravelmente. Se você já se sentiu relaxado com o barulho da chuva ou com sons da natureza, então você vai entender pelo menos um pouco do que vamos falar aqui.

Caso você ainda não esteja entendendo nada do que estamos falando, assista o vídeo abaixo (com fones de ouvido!) que já vamos explicar o resto:

Técnica

Os vídeos de ASMR podem ter seu foco somente na audição ou visão, nos dois juntos e até mesmo fingir uma situação cotidiana. Essa última modalidade é chamada de roleplay e consiste em o youtuber interpretar um personagem no vídeo. Eles podem simular situações como um corte de cabelo, fazer uma tatuagem ou uma ida ao spa. Existem também os vídeos de satisfação mental, que incluem estourar plástico bolha, cortar sabonetes ou brincar com areia cinética.

O enquadramento costuma focar somente no rosto da pessoa, dando a impressão de que ela está fazendo o vídeo especialmente para você. Essa técnica é chamada de atenção pessoal.

Outra estratégia é gravar os sons com os efeitos binaurais, que possuem percepções diferentes em cada um dos ouvidos. Por isso a necessidade de assistir os vídeos utilizando fones de ouvido. A ideia é simular um som ambiente, no qual ouvimos com volumes diferentes em cada lado dependendo de onde vem o barulho. Isso torna a experiência mais realística.

Como são os gatilhos?

Um dos principais gatilhos são os sussurros. Por isso, todo vídeo de ASMR tem alguém falando bem baixinho e devagar, como se estivesse sussurrando no seu ouvido. Mas na verdade, qualquer som entre um lápis desenhando no papel e um discurso monótono e ritmado pode despertar essas sensações de relaxamento e bem-estar. Podem ser sons da boca, sopros, barulhos de objetos ou mãos mexendo em objetos de diferentes texturas. No ASMR, qualquer objeto pode se tornar um instrumento de sons relaxantes.

No vídeo abaixo, a Camila, do canal Gaúcha ASMR, explica os principais gatilhos utilizados por ela. Com isso, você pode até descobrir qual deles é o que mais funciona para o seu caso. Existe também a chance de você não sentir nada, já que algumas pessoas não são afetadas por esse tipo de experiência, mas vale a pena tentar! Lembrando que é preciso utilizar um fone de ouvido para ter a experiência completa.

Como o ASMR age

Ainda não existem estudos suficientes sobre ASMR para afirmar sua ação no cérebro humano, mas são várias hipóteses.

É fato que seus olhos e ouvidos estão sendo estimulados. É aí que provavelmente entram os neurônios-espelhos, células superdesenvolvidas. Eles são responsáveis por recriar no cérebro tudo que está relacionado ao que nossos sentidos estão capturando, mesmo que sejam apenas estímulos visuais ou auditivos. Esse sistema do cérebro é aquele que te faz rir ou chorar e até “quase sentir a dor” de um personagem no filme. É também o que te faz quase se sentir massageado enquanto a youtuber massageia outra pessoa no vídeo.

Outra possibilidade, mais simples, é de que os vídeos de ASMR podem causar esse relaxamento por desviarem a atenção das inquietações internas que impedem o corpo de descansar. Tirando o foco dos problemas ou preocupações, a pessoa consegue relaxar e cair no sono.

Por gerar sensações de conforto, relaxamento e diminuição do estresse, acredita-se que o ASMR estimula a ação de neurotransmissores e hormônios, como a endorfina, serotonina, dopamina e oxitocina.

Ela [a oxitocina] também contribui para o formigamento, porque aumenta a sensibilidade dos receptores de endorfina. Oxitocina e endorfina juntos também são muito bons para diminuir o cortisol, um hormônio liberado durante o estresse crônico. — ASMR University

Benefícios

O ASMR tem ajudado pessoas com o estresse, ansiedade, insônia e até depressão. Porém, cada pessoa reage aos estímulos de uma maneira diferente. Da mesma forma que você pode encontrar gatilhos que te deixem feliz, é possível encontrar alguns sons que sejam incômodos. Nesse caso, chamamos de misofonia a resposta emocional negativa a um gatilho. É comum que algumas pessoas se incomodem com o som da mastigação, por exemplo.

Um estudo da Universidade Swansea, no Reino Unido, questionou quase 500 pessoas adeptas aos vídeos de ASMR para entender os benefícios sentido pela maioria. 98% delas apontaram que sentem relaxamento, 82% sentem sono e 70% afirmaram que diminui o estresse. Entre os participantes que apresentavam dor crônica, 38% notaram melhora após a adesão aos vídeos.

Canais para quem quer aderir

Se você curtiu a ideia e quer experimentar mais, fizemos uma lista de canais para você acompanhar:

1. Gaúcha ASMR 

2. Sweet Carol

3. ASMR Lá nas alturas

4. ASMRrequests

5. GentleWhispering

Os vídeos de ASMR geram muita curiosidade, mas também dividem opiniões. Você é do time que ama ou odeia?